terça-feira, 7 de janeiro de 2014

5 erros comuns durante o barbear

Fazer a barba com frequência é obrigação na vida de muitos homens, e por isso, muita gente acha que a tarefa é fácil. Na verdade, existem muitos erros cometidos por pessoas de todas as idades e que contribuem pra vários tipos de problemas e irritações na pele.

Confira abaixo 5 dicas fundamentais pra manter a pele com aspecto saudável após o barbear:


1. Preparação Inadequada
Antes de ir fundo nas lâminas, você precisa “preparar o terreno”. A pele do rosto é muito sensível e a lâmina por si só já é bastante agressiva. Pra começar, é fundamental lavar o rosto com um pouco de água quente (fazer a barba após/durante o banho é a melhor maneira de preparar a pele) para abrir os poros, e depois uma esfoliação bem de leve pra deixar tudo limpo.

2. Lãminas cegas
Se quisermos ter alguma esperança de um barbear bem sucedido, não tem jeito, as lâminas têm que ser trocadas sempre. Dependendo da marca, da freqüência de uso, do tipo de barba e quantidade de lâminas no barbeador, talvez seja preciso trocá-las a cada três dias. Pode sair um pouco caro, mas é melhor pensar que assim você evita vários outros problemas.

3. Esquecer de lavar as lâminas
Quando passamos o barbeador pelo rosto, uma mistura de pelos, espuma de barbear e pele morta são filtradas pelo barbeador. Se não lavarmos a lâmina com água morna após cada passada, o resultado é um rosto cheio de irritações. Como assim? O barbeador ficará com acúmulo de resíduos e o que você removeria com duas passadas só vai funcionar em quatro – e o plus de alguns cortes. Melhor ter um pouco mais de paciência pra não ficar com o rosto cheio de feridas, certo?

4. Barbear contra o sentido do pelo
Barbear contra o sentido que o pelo nasce só garante uma coisa: pele irritada e stressada. Muitos homens pensam que "indo contra a maré" o rosto vai ficar mais liso e macio, porque a remoção será mais precisa. A não ser que você seja muito sortudo, o resultado é uma pele cheia de arranhões e pelos encravados.
PS: Não vamos esquecer que, geralmente, os pelos crescem em direções diferentes no rosto e no pescoço. Nesses casos a dica é fazer primeiro o pescoço e depois o rosto, ou vice versa.

5. Recusar o pós barba
Está aí um dos crimes mais graves relacionados ao barbear. Este é um processo de muita irritação pra pele e o pós barba ajuda exatamente nesse sentido, re-hidratar e prevenir futuros pelos encravados.

Em poucas palavras, barbear não precisa ser aquela coisa dolorida e insuportável. É uma questão de técnica e de achar os produtos certos pro seu tipo de pele. Não esqueçam de nos contar suas dicas ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário