quarta-feira, 24 de junho de 2015

Gucci Verão 2016 - Pitti Uomo 88








O desfile da Gucci, na nossa humilde opinião, ficou na categoria de mais marcante entre todas as propostas desta temporada. 

Michele fez sua estreia a frente do criativo da marca interpretando um grande momento cultural, onde a definição de masculino e feminino vai se perdendo cada vez mais. (lembram que falamos de leve sobre isso nesse post aqui?) 

Pelo que captamos, essa história começa pelo casting, tão andrógino que fica fácil confundir os modelos com uma figura feminina.

As técnicas e efeitos (crochet, seda, bordados, renda e metalizados) associados ao universo feminino + formas que escondem o corpo, de alguma forma, reforçam a ideia de que a definição do gênero está muito mais na mente do que no vestuário. 

E vocês, também interpretam dessa forma? Gostaram ou essa foi realmente além do limite? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário